CFirmino por Messenger

Ar condicionado: 5 erros que não se devem cometer


Ar condicionado: 5 erros que não se devem cometer

No Verão o ar condicionado é fundamental para garantir o conforto no habitáculo, mas também tem uma grande importância no campo da segurança. Num parque de estacionamento, ao sol, a temperatura no interior do veículo, pode atingir os 60 graus e com essa temperatura até os telemóveis deixam de funcionar.

As reações de um condutor numa temperatura de 35 graus são 20% mais lentas do que as de outro que conduza num ambiente a 25 graus. Os efeitos são semelhantes a conduzir com uma taxa de alcoolemia de 0,5 g/litro de sangue.” Afirmação de Ángel Suárez, engenheiro do Centro Técnico da SEAT

Mas quem utiliza regularmente o ar condicionado comete várioserros que são importantes evitar:

1 – LIGAR O SISTEMA A NO MÁXIMO QUANDO SE ENTRA NO VEÍCULO 

É o erro mais habitual e acaba por ser ineficaz, resultando um aumento importante do consumo.

É melhor tentar libertar o habitáculo do ar quente para facilitar a refrigeração. Por isso, o melhor é abrir as portas, janelas e bagageira, durante uns minutos para que a circulação de ar, se comece a fazer, antes de ligar o sistema de refrigeração.

2 – NÃO ATIVAR A CIRCULAÇÃO DO AR CONDICIONADO

Os sistemas automáticos são os mais eficazes. Em muitos casos são opcionais, mas valem a pena. Permite repartir o fluxo de ar fresco por todo o interior. Para isso deve ser ligado o comando de circulação de ar.

3 –TER O AR CONDICIONADO SEMPRE LIGADO

Há alturas em que não faz sentido manter o sistema ligado. É o caso de zonas de sombra ou ao nascer e pôr do sol. A temperatura do habitáculo deve ser sempre a mesma e o exagero na utilização acaba por se refletir em consumos de combustível mais elevados.

Por isso faz sentido tirar partido de equipamentos ou opções, como as cortinas de proteção, capazes de reduzir a incidência direta do sol.

4 – DIRIGIR O FLUXO DE AR PARA O CONDUTOR 

É outro erro muito frequente. É importante saber que uma orientação correta dos difusores de ar permite criar um ambiente fresco, tanto mais que cria um ambiente homogéneo para todos quantos viajam no veículo.

Sentir um ambiente fresco é muitas vezes mais um caso de orientação dos fluxos de ar do que a sensação dessa temperatura. O melhor é dirigir o ar para otejadilho para criar um efeito de "cortina" que garante a sensação de frescura de forma homogénea em todo o habitáculo.

5 – ESQUECER-SE DA MANUTENÇÃO 

Também é uma situação muito normal. O ar condicionado pode dar a sensação de que está avariado, mas a maioria da vezes trata-se apenas de filtros sujos. É importante substituir os filtros ao fim de 15 mil quilómetros e, ao mesmo tempo, verificar a carga do gás que garante o ar fresco.

Contacte-nos

(*) Campos obrigatórios.